Deve ser realizado em dupla ou individualmente. Todo código gerado deve estar disponível no GitHub.

Entrega e apresentação do trabalho (texto/apresentação com: configuração da máquina na qual as avaliações foram realizadas, tabelas/gráficos dos resultados, descrição dos SGBDs considerados e dos algoritmos implementados - se for o caso, discussão sobre os resultados).

Este trabalho visa medir o desempenho de um banco de dados relacional considerando o espaço necessário para armazenar os dados e o tempo para processar consultas. Especificamente, o trabalho requer a implementação de um banco de dados em dois formatos, a medição de espaço utilizado para armazenar os dados em cada formato e o tempo utilizados para responder às consultas, conforme a especificação a seguir.

Aplicação

A aplicação considerada será um censo global fictício de seis (6) bilhões de pessoas. Os dados considerados são: sexo (F/M), idade (0-127), renda mensal (0- 1023) * US$1000/ano, escolaridade (0-3), idioma (0-4095), país (0-255), localizador (coordenadas geográficas da pessoa responsável pelo censo). Os dados serão gerados aleatoriamente respeitando os intervalos definidos.

Sistema de arquivos binários

O sistema de arquivos binários é basicamente o que vocês tiveram de utilizar nas disciplinas de AEDS. É criado um programa em C /C++/Java/etc que define uma estrutura em registro utilizando de preferência campos binários e inteiros. Por exemplo, sexo não será um campo char que registra ‘F’ e ‘M’, mas sim um bit 0 ou 1 (o qual será interpretado pelo programa como feminino ou masculino). O banco de dados pode ser um arquivo binário com todos os registros armazenados da seguinte maneir a: 1 bit sexo, 7-bits idade, 10-bits renda, 2-bits escolaridade, 12 -bits idioma, 8-bits país, 24-bits localizador. O processo de consulta será igualmente através do programa C/C++/Java, o qual pode apresentar um menu com as consultas fixas que podem ser realizadas.

Banco de dados relacional

O banco de dados relacional será definido utilizando uma modelagem simples com todos os dados em uma única tabela – seguindo o estilo do arquivo binário cuja interpretação dos dados é realizada pelo programa que o utiliza (até para permitir uma comparação mais justa). O processo de consulta será realizado via SQL através da interface do próprio SGBD. Sugere-se utilizar os SGBDs free MySQL ou PostgreSQL.

Espaço

Após c riar os dados aleatoriamente para todas as pessoas, o espaço utiliz ado pelo arquivo binário e pelo bancos de dados deve ser informada.

Tempo

Para cada consulta, deverá ser medido o tempo para processar cada uma pela primeira vez, e o tempo médio para processar cada três (3) vezes seguidas. O tempo pode ser informado em ms ou s. Ao final, deve-se apresentar os resultados tabulados [#consulta, t_binario, t_sgbd] ou em gráficos.

Consultas

```SELECT país, sexo, count(*) FROM pessoas GROUP BY país, sexo;

SELECT país, sexo, idade, count(*) FROM pessoas GROUP BY país, sexo, idade;

SELECT país, sexo, avg(salario) FROM pessoas GROUP BY país, sexo;

SELECT país, sexo, avg(idade) FROM pessoas GROUP BY país, sexo;

SELECT país, sexo, count(*) FROM pessoas WHERE país = 15 GROUP BY país, sexo;

SELECT país, sexo, count(*) FROM pessoas WHERE país = 15 AND sexo = 1;

SELECT país, sexo, count(*) FROM pessoas WHERE país >=0 AND país <=15 GROUP BY país, sexo; ```

Consulta avançada

Crie três consultas quais quer utilizando os demais dados em conjunto com país.

Finalmente

Analise seus resultados. Por consulta ou por grupos de consultas, por que uma implementação foi melhor/pior que as demais?